quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Desperdiçar jamais!

A cada dia que vivo,
mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos,
nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca e que,
esquivando-nos do sofrimento,
perdemos também a felicidade
(Carlos Drummond Andrade)
-Kusudama Infiny-
(encomenda Zen Terapias Orientais)

3 comentários:

  1. Lindo móbile e lindo poema x)

    =*

    ResponderExcluir
  2. Lindooo!! ficou uma gracinha!

    o papel tb é muiiitoo fofo!

    ameii o poema!

    enfim tá tudo perfeito! =]

    tem selinho p vc em meu blog

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Ficou lindo, qual o nome dele?!?!??!

    Ah tem selinho viu?!

    =************

    ResponderExcluir